Apenas mais um blog sobre tudo que tenha a ver com a pessoa que o escreve... Aqui eu vou falar de tudo e mais alguma coisa... ^-^ O porquê do nome . Caso significa O que acontece, aconteceu ou pode acontecer e é disto que eu vou falar do meu caso.
Quarta-feira, 30 de Junho de 2010
Cometo o mesmo erro vezes e vezes

PS: Texto longo... Sobre algo que voces já sabem se acharem desinteressante deixem nos comentários... não é que eu precise da vossa apreciação mas o meu ego precisa (a sério , não precisamos todos?) .... Leiam ao menos a parte onde está o link pois é a única parte cultural neste blablabla.

 

O meu caso de hoje e de ontem ( vezes sem conta) quero e quero tanto que exagero! Ponho uma ideia na cabeça e vou até ao fim. E quando estou no fim? Vazio... Razão : não apreciei, nem nada, só queria despachar... E que acaba-se ali... Sem um único sentimento naquilo que fazia... Agia por puro mecanismo de terminar o trabalho!!!

Mas eu não quero ! Assim não !!! E das vezes que está situação acontesse , ou seja,  ser uma "máquina" culpava-me e ia entrando, muito devagar, os pensamentos de "nunca terminas nada" "se terminas nem o sabes e no fim já nem te lembras" e depois " Esquece! Não quero saber ( seja o que for que eu estivesse a fazer fica escondido algures até que eu vá lá buscar e termine ... Um dia quem sabe...) ".

Isto tudo porque ontem.... acordei a pensar em fazer alguma coisa que envolvesse tecidos ( eu imprimi vários moldes e deu me vontade de fazer todos).

Ao inicio da tarde já tinha pelo menos 10 tecidos estendidos com os moldes sobrepostos prontos para eu os cortar. Cortei e quando comecei a cozer ...

Reparei pela primeira vez ( um dia inteiro a decalcar, moldelar, cortar e ,finalmente, cozer) não quero assim, não me diz nada, Porque raio estou a seguir um molde , O quê que tenho na cabeça... Um dia perdido e imensos desenhos cortados e principalmente COPIADOS de uma revista ! sem um cunho PESSOAL  e criativo .

Resultado: Fiquei amuada ( estupidamente uma criança ainda) .

O quê que eu fiz desisti ( criança quando tem um obstáculo como um carro em miniatura em vez de passar ou muda-lo de sitio atira-o e depois chora porque o partiu...)

Sim, sou uma criança mas, ao menos, admito e tento concertar ...

Sim, vou concertar ! Como: UM PASSO DE CADA VEZ E , principalmente, DEVAGAR. e raciocinar!!!

 

Deixando as birras de lado... Hoje fui ao cinema ver Eclipse - gostei mas acho muito mais interessante o livro <3

E depois fui à biblioteca ... A caminho, mesmo quase a entrar, um sujeito , já de idade e de bengala ,virou-se para mim , Menina porquê essa cara , Menina tão bonita e essa postura ( eu não consigo estar com as costas direita, muitas pessoas chateiam-me com isso) Menina sorria!!! Tão bonita! , eu já a desviar-me ( sou desconfiada de tudo) , Depois pergunte ao seu pai porque é tão bonita ( o quê) ,e disse ,não à sua mãe... ( segunda ou terceira vez repito , eu fico logo atrapalhada, "Obrigada!".

Não consegui parar de sorrir ! Achei tão surreal pois estive durante estes dias a debater ,comigo, o quê que eu quero! o que que me faz feliz! e estas perguntas causam em mim ( pois sou tão transparente) um humor de negativismo que me levam para Que raio é querer, felicidade , vida? O quê que me faz mover é o que eu quero saber! Não quero ser uma maquina que vai todos os dias para o trabalho fazer as mesmas coisas todos os dias sem motivação apenas por um salário ao fim do mes para depois gasta-lo em menos de uma semana em contas que já tinha acumulado. Posso apenas pensar ... Sem as pessoa pensarem que estou depressiva ou triste? Pensar faz bem e no meu caso tb me faz em escrever.... pois acumulo tanto pensamento que depois não me sei exprimir...

 

Tentei consultar os livros ( o meu consolo ,para além do chocolate, gelado e agora a limonada) . Força de hábito dirigi-me à secção de historia e arqueologia . O quê ? Eu quero explorar novos horizontes e vou exactamente ao que eu já conheço... Não encontrei os meus novos horizontes, não encontrei o livro dos discursos que tanto queria ler e não me lembrei de nenhum autor que me pudesse ajudar.... o único que vinha à tona Jorge Sena Jorge Sena Musica A Catedral Submersa o meu poema preferido!!!! Aiiii

 

Podem ( ninguém ainda leu o meu blog mas se alguma vez ler) ler aqui:

  http://www.triplov.com/poesia/jorge_de_sena/cathedrale_engloutie/index.htm

 

O melhor poema que já li , claro Cesário Verde , Antero de Quental, Bocage, Fernando pessoa e companhia optimos mas posso dizer este poema fui o primeiro poema que eu li com olhos de ler , analisei e senti ... identifiquei-me e tudo.

Claro que também, o facto , do meu professor ter insistido na minha mínima analise lírica mas eu fiz-lo ( como trabalho de casa analisei) e sim eu percebi ^-^Finalmente ! Já lá vai um ano ... pena eu ter um português tão pobre, podia seguir literatura... 

 

Qual é o vosso poema? o que conseguiram analisar? O que sentiram e que mudou algo!


sinto-me:
música: Bionic -Christina Aguilera
tags:

publicado por Megakawaii12 às 23:59
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Tenho um cão

O caso de ontem

Cometo o mesmo erro vezes...

Arrumação... (cont.)

Arrumação...

Tanta coisa para fazer e ...

1º Post!!! bla bla bla

arquivos

Julho 2010

Junho 2010

tags

todas as tags

links
Giveaways
Sprinkle of Glitter
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds